MÚSICAS



Diferentemente das demais modalidades, a música no meu caso, tem origem dos meus antepassados. Meu avô era tocador de sanfona de 8 baixos e considerado o melhor afinador daquela região, além de marceneiro. Foi na convivência com meu avô, João Caxiado, na sua oficina de trabalho que aos 12 anos, comecei a me interessar pela música a aprendi sozinho os primeiros solos. Lembrando que, a primeira música, foi um bolero do cantor Waldick Soriano. Minha estreia como sanfoneiro foi no carnaval 1965, (muito embora já tivesse me apresentado em festivais de colégios, em ocasiões que não tenho registro de datas). Mas tarde, já aos 16 anos fui para cidade de Jaboatão – PE, estudar teoria musical e em 1968 formei um trio e gravei um disco (compacto duplo) na gravadora Rozemblit, em Recife – PE. Foi o início de uma longa caminhada carregando o sonho de ser um grande instrumentista. No final de junho de 1969 viajei à São Paulo, (na companhia do meu pai) com intuito de realizar meu ideal, fui parar em Pindamonhangaba e depois Campos do Jordão, cidades do interior paulista. Menor de idade, sem documentos, sem saber me conduzir sozinho e longe do alvo das oportunidades me distanciava a cada dia do meu objetivo.
Abandonado pelo meu pai, em tais circunstâncias, precisei me desfazer da sanfona e minha vida tomou rumo diferente, inesperado. Duas décadas depois, já em 1991, por intermédio de Heleno Ramalho (jornalista, compositor e parceiro), participei de um trabalho musical onde este disponibilizou duas faixas do seu LP (canção rural) para que eu colocasse duas músicas (instrumentais) de minha autoria. Do mesmo modo se repetiu no seu segundo LP (onde o mato tem fulô), em 1993. Logo após a participação no LP canção rural em 1991, meu antigo desejo reascendeu como uma chama e, em setembro do ano seguinte, isto é em 1992 fui à São Paulo pela segunda vez tentar gravar meu próprio disco, um LP com 12 músicas. Outra maratona de dificuldades. Foram seis meses de decepções e aprendizado, diria que, de grande importância para meu crescimento, como músico e como pessoa. Trabalhando em estúdios de gravação, convivendo com músicos de qualidade e bebendo lições de vida, de grandeza e de humildade de maravilhosas figuras humanas. Apesar das circunstâncias, consegui gravar meu tape, com o apoio dos amigos músicos e artistas consagrados como: Dominguinhos, Anastácia, Fuba de Taperoá, Amazan e outros.
Em março de 1993, retornei à Pernambuco e, em Caruaru, contei com a participação do cantador Santanna numa faixa do meu primeiro LP intitulado (faiscando), que infelizmente só foi lançado em dezembro de 1994. 

Observações

Após um intervalo de 9 anos, lançou seu primeiro CD intitulado:

  • A arte de compor I - ano 2003- estilo forró
  • Participação de vários artistas
  • A arte de compor II- ano 2005 - estilo forró
  • A arte de compor III - ano 2007 - estilo instrumental
  • chorinhos, baiões e frevo
  • A arte de compor IV - ano 2008 - estilo vários ritmos
  • A arte de compor V - ano 2009 - estilo coletânia





















João Rufino e Caxiado
Venturosa - PE 1996


Caxiado, Dominguinhos e Waldonys
Stúdio Sigla - São Paulo - SP - 1993






 Apresentação no festival na cidade de Nancy
  França - 1994




Participação do CD de Laranjinha
      Maio de 2008




Encontro casa de shows Palladium Caruaru - PE



Encontro casa de shows Palladium Caruaru - PE




Disco Vinil LP 1994





CD ano 2003



CD ano 2005


CD ano 2007




CD ano 2008


Coletânia ano 2009





PParticipação com uma música
CD - 2007
Participação com uma música
Intitulada: A voz do frevo - CD 2007

D
Participação com duas músicas
Disco vinil - 1991






CD gravado artesanalmente na França
em Junho - 1994

2 comentários:

nildo pessoa disse...

Parabéns, pela volta da produção musical!

Saudades, grande amigo.

Nildo Pessoa

jameson caruaru brasil disse...

OLA MESTRE ,ESTOU COM AS FOTOS DO SHOW NO POLO CULTURAL DE CAXIADO E A BANDA PÃO COM OVO,.ESTAR NO MEU ORKUT VAI LA E PEGA.SEU AMIGO JAMESON

Postar um comentário